Regulamento Porsche Racing Challenge

Art. 1 - Organização

1.1 - A equipa de trabalho do evento Iberian Porsche Meeting gerida pela a empresa Prime Promotion - Organização e Gestão de Eventos, Lda, entidade Promotora, promove em 2017 a prova designada Porsche Racing Challenge cuja organização desportiva ca a cargo do AIA Motor Clube.

Prime Promotion – Organização e Promoção de Eventos, Unipessoal, Lda
Avenida da República, Edifício Estoril Office, Escritório 31
2649-517 Alcabideche

1.2 - Os casos não previstos neste regulamento, assim como todas as eventuais dúvidas originadas pela sua interpretação, serão analisados e decididos pela direcção de prova e pela entidade organizadora do evento.


Art. 2 - Provas Pontuáveis

2.1 - A prova Porsche Racing Challenge é uma manifestação desportiva que não está integrada em nenhum campeonato.

2. 2 - A pontuação é atribuída única e exclusivamente à prova Porsche Racing Challenge.


Art. 3 – Inscrição na Prova

3.1 - A inscrição na prova deve ser realizada junto da entidade organizadora do evento através do preenchimento integral da ficha de inscrição, solicitada pelo email racing@iberianporschemeeting.com

3.2 - Apenas serão consideradas as inscrições cujos os concorrentes e viaturas cumpram os requisitos definidos no regulamento da prova.

3.3 - Os concorrentes só estão efetivamente inscritos na prova, após receberem a confirmação da entidade organizadora do evento.


Art. 4 – Licenças

4.1 - Todos os condutores e concorrentes que participem na prova Porsche Racing Challenge têm de ser titulares de uma Licença Desportiva Lazer Auto ou superior, válida de acordo com o estipulado no Regulamento de Emissão de Licenças Desportivas da FPAK.

4.2 – Não é autorizada a participação a condutores com idade inferior a 18 anos e não detentores de carta de condução.


Art. 5 – Equipamento

5.1 - Durante todo o decorrer das provas, é obrigatório o equipamento dos condutores nos termos do Capitulo III do Anexo L ao CDI.


Art. 6 – Equipas e Constituição

6.1 - Cada equipa será́ constituída por apenas 1 (um) condutor.

6.2 - Identificação dos condutores:

a) Cada condutor tem de a partir do início dos treinos cronometrados e durante todo o desenrolar da prova, colocar no pulso a pulseira identificadora que lhe será́ entregue nas verificações administrativas.

b) Cada condutor tem de colocar a sua pulseira no pulso que ficar mais próximo da janela, sendo a sua colocação e respectiva manutenção da sua exclusiva responsabilidade.


Art. 7 - Números de Competição – Nomes Condutores

7.1 - As dimensões e locais de afixação dos números são definidos, produzidos e entregues às equipas, pela organização.

7.2 - Números de competição – Os números serão atribuídos no momento da inscrição na prova.


Art. 8 - Publicidade

8.1 - Ao inscreverem-se no Porsche Racing Challenge, os concorrentes obrigam-se a manter afixada nas carroçarias das suas viaturas, a publicidade constante no plano anexo a este regulamento, nos locais e moldes indicados. Esta publicidade tem de manter-se colocada durante o decorrer da prova e deverá já estar afixada no momento das verificações técnicas iniciais.

Nenhuma outra publicidade poderá́ ser afixada fora das zonas reservadas à publicidade das equipas que estão indicadas no anexo - publicidade ao presente regulamento.

8.2 - A publicidade obrigatória constante no plano anexo – publicidade a este regulamento nunca poderá́ ser retirada ou tapada.

8.3 - A publicidade obrigatória será́ fornecida pelo Promotor Oficial (Prime Promotion) às equipas inscritas na prova.

8.4 - Os concorrentes obrigam-se a não afixar no seu vestuário pessoal ou da sua equipa de assistência, no seu veículo ou no seu material de assistência, qualquer inscrição publicitária de marcas, produtos ou empresas concorrentes, não autorizados previamente pelo Promotor Oficial (Prime Promotion). Caso exista alguma incompatibilidade entre os patrocinadores do concorrente e a publicidade obrigatória, deve o concorrente solicitar uma excepção para análise da entidade organizadora do evento.

8.5 - A FPAK só autoriza a publicidade referente a qualquer manifestação desportiva, baseada em elementos indicados nos respectivos resultados oficiais. Consequentemente, não poderá́ ser feita nenhuma publicidade antes da publicação desses resultados.

8.6 - A FPAK e as entidades que colaboram na organização desta manifestação desportiva, reservam-se o direito de utilizar livremente em todos os países e sob todas as formas, a participação dos concorrentes e condutores, assim como os resultados por eles obtidos.


Art. 9 - Pneus

9.1 - Na prova Porsche Racing Challenge a marca dos pneus (seco e chuva) é livre. As equipas não tem a obrigatoriedade de comprar os pneus a um fornecedor definido pela a organização.

9.2 - Limitação de pneus por prova – A quantidade de pneus de seco e chuva a utilizar é livre, não necessitando de qualquer tipo de marcação.

9.3 – A utilização em tempo seco de pneus específicos para chuva está proibida, durante os treinos oficiais e corrida até́ ao momento em que o director de corrida declare Pista Molhada - Wet Race. Qualquer falta de controlo evidente da viatura por parte do piloto poderá levar o director de corrida a mandar parar a viatura.

9.4 - Pneus de chuva - Um pneu de chuva é um pneu projetado para ser usado em pista molhada, que disponha na sua origem rasgos no piso.

9.4.1 - Incumbe apenas ao diretor da corrida ou da prova, a decisão de declarar a situação de pista molhada durante os treinos oficiais ou corridas. Nesse caso, comunica-lo-á a todos os participantes o mais rapidamente possível, exibindo um painel Pista Molhada na saída da linha de boxes, à vista dos condutores que se encontrem em pista, bem como dos que eventualmente se encontrem parados nas boxes.

9.4.2 - Após a declaração pelo director de corrida de pista molhada, passa a ser da exclusiva responsabilidade dos condutores, assegurarem-se de que as suas viaturas estão equipadas com os pneus adequados para as condições da pista.

9.4.3 - As luzes frontais e as luzes traseiras vermelhas têm de estar acesas sempre que a viatura se encontre numa pista considerada pelo diretor de corrida como Pista Molhada, independentemente de ter ou não, pneus de chuva montados.

9.4.4 - Qualquer modificação ou tratamento, como o estriamento de pneus ou a aplicação de solventes, tanto nos slick como nos pneus de chuva, são estritamente proibidas. O incumprimento deste ponto será́ penalizado ao critério do CCD.

9.4.5 - Não é permitido o uso de qualquer tipo de aquecimento térmico dos pneus (aquecedores de pneus) durante toda a duração do evento.

9.4.6 - Qualquer anomalia detectada no controle de pneus, será comunicada ao diretor de corrida assim como ao condutor em infracção, e levará o CCD a aplicar o disposto no Art. 21.10 das PEV.


Art. 10 - Carburante - Comburente

10.1 - O carburante a utilizar é livre.

10.2 - As equipas não tem a obrigatoriedade de comprar o carburante a um fornecedor definido pela a organização.

10.3 - Após as sessão oficial de treinos cronometrados e no final da corrida, as viaturas de competição terão que dispor de pelo menos três (3) litros de combustível nos respectivos reservatórios. Não é permitida qualquer reclamação contra a quantidade remanescente de combustível.

10.4 - Como comburente, apenas o ar pode ser misturado com o combustível.


Art. 11 - Verificações

11.1 - Administrativas - Haverá lugar a uma verificação administrativa incidindo sobre a documentação do concorrente e do condutor e da validade das licenças desportivas.

11.2 - Técnicas Iniciais - as verificações técnicas iniciais terão o seu inicio após as verificações administrativas e serão efectuadas nas boxes.


Art. 12 - Fórmula da Prova

Na prova Porsche Racing Challenge, o programa de treinos é o seguinte:

12.1 - Treino livre - o treino livres terá uma sessão com uma duração de 20 (vinte) minutos.

12.2 - Treinos Cronometrados - Haverá́ uma sessão de treinos cronometrados com a duração de 15 (quinze) minutos.

As viaturas só poderão aceder à zona rápida do Pit Lane, quando a saída do Pit Lane estiver aberta no início da sessão de treinos cronometrados.

Não poderá ser adicionado nem retirado qualquer combustível das viaturas.

A partir do início da sessão de treinos cronometrados todos os carros deverão estar fora da box, na zona de trabalho do pit-lane alinhados em 45 graus com a parte de trás do carro virada para a box. Durante a sessão de treinos cronometrados não é permitida a entrada na box com o carro que deverá sempre permanecer no pit-lane, inclusivamente quando está a ser alvo de qualquer intervenção.

12.2.2 - Todas as voltas efectuadas durante os treinos cronometrados serão cronometradas para determinar a posição das equipas na grelha de partida.

12.2.3 - Para poder participar na corrida, todos os condutores deverão ter qualificado o carro. Contudo, e por recomendação do diretor de corrida, o CCD poderá́ excepcionalmente autorizar um condutor a participar na prova sem que haja cumprido esse mínimo.

12.2.4 - No caso do condutor de uma equipa não ter efectuado o mínimo estabelecido para qualificar o carro no decurso da sessão de treinos cronometrados, o CCD ao abrigo do Art. 30.3 das PEV, poderá autorizar a equipa a participar na prova, sendo esta colocada no último lugar da grelha. Contudo, se houver mais do que uma equipa nesta situação, as suas posições na grelha de partida ficarão ao critério do CCD. Dessa decisão do CCD não haverá direito de apelo.

12.3 - Corrida - Será realizada uma corrida com a duração de 10 voltas.


Art. 13 - Grelhas de Partida

13.1 - A formação da grelha de partida para a corrida será efectuada nos termos definidos no Art. 30.6 e 30.7 das PEV.

13.2 - Grelha de partida para a corrida - no final da sessão de treinos cronometrados será publicada a classificação das viaturas que tenham efectuado os melhores tempos, assinada pelo director de corrida, contemplando um número máximo de condutores que não poderá ultrapassar o número de viaturas admitidas à partida.

Se um ou vários condutores fizerem tempos idênticos, a prioridade será dada àquele que tiver feito esse tempo em primeiro lugar.

13.2.1 - A grelha de partida para a corrida será elaborada em função dos resultados da sessão de treinos cronometrados e será publicada 30 minutos antes do seu início.

Nesta grelha figurará o nome do condutor que a equipa designou previamente e que efectuará a partida da corrida.

Todos os concorrentes cujas viaturas estejam impossibilitadas de tomar a partida por qualquer razão que seja – ou que tenha a certeza de que as suas viaturas não estejam prontas para tomar a partida - deve informar o diretor da corrida do facto, até ao limite de 45 minutos anteriores à partida das corridas.


Art. 14 - Procedimento de Partida

14.1 - O procedimento de partida para a corrida Porsche Racing Challenge será no formato - Partida rolante conforme o Art. 31.9 das PEV.


Art. 15 - Parque Fechado

15.1 - Só os Oficiais de Prova encarregados dos controles técnicos podem entrar no Parque Fechado. Nenhuma intervenção de qualquer natureza poderá ser efectuada sem a autorização desses oficiais.

15.2 - O regulamento do Parque Fechado aplica-se a toda a zona compreendida entre a linha de chegada e a entrada do Parque Fechado.

15.3 - O Parque Fechado será suficientemente grande e protegido a fim de assegurar que pessoa alguma não autorizada a ele possa ter acesso.

15.4 - Parque Fechado no final dos treinos:

a) No final da sessão de treinos livres não haverá regime de Parque Fechado para as viaturas.

b) No final do treino cronometrado, a classificação final provisória será afixada de acordo com o estabelecido no Art. 12 das PGAK e será realizado um parque fechado.

Findo esse período, o parque poderá ser aberto por indicação do CCD.

15.5 - Parque Fechado no final das Corridas

a) Imediatamente após o sinal de final da corrida (bandeira de xadrez), o regime de Parque Fechado será aplicado.

b) no final das corridas, a classificação final provisória será afixada de acordo com o estabelecido no Art. 12 das PGAK.

Findo esse período, o parque poderá ser aberto por indicação do CCD.


Art. 16 - Viaturas Admitidas

16.1 – Na prova Porsche Racing Challenge serão admitidas a participar as seguintes viaturas:

Classic (1953 – 1975)

Classic 1 Viaturas Porsche de cilindrada compreendida entre os 1501 e os 1999 CC
Classic 2 Viaturas Porsche de cilindrada compreendida entre os 2000 cc e os 2500 cc
Classic 3 Viaturas Porsche de cilindrada compreendida entre os 2501 cc e os 2999 cc
Classic 4 Viaturas Porsche com mais de 3000 cc

Performance (1976 – 2015)

Performance 1 Viaturas Porsche Categoria GT2
Performance 2 Viaturas Porsche categoria GT3
Performance 3 Viaturas Porsche Categoria GT3 Cup
Performance Extra Viaturas Porsche que não integrem nenhuma das categorias Performance 1, 2 e 3

Toda a viatura que não se enquadre neste regulamento poderá ser admitida desde que solicitado à organização do evento. Este pedido deverá ser feito através do email racing@iberianporschemeeting.com


Art. 17 - Inscrição na Prova - Taxa de Inscrição

17.1 - A inscrição na prova é da responsabilidade do concorrente e deverá ser feita pelos interessados junto da entidade organizadora do evento, nos prazos estipulados nos respectivos regulamentos particulares de cada prova.

17.2 - Taxa de inscrição na prova Porsche Racing Challenge: GRATUITA


Art. 18 - Cerimónia de Pódio - Prémios

18.1 - No final da corrida Porsche Racing Challenge terá lugar a realização de um pódio.

18.2 - Serão os seguintes, os troféus a entregar na cerimónia do pódio, devendo ser respeitada a ordem crescente (3º, 2º e 1º) da classificação para a entrega dos mesmos: - aos três primeiros classificados da classificação geral; - aos três primeiros classificados de cada grupo.

No caso de num qualquer grupo não existir um número mínimo de 3 participantes numa corrida, não haverá obrigatoriedade por parte do organizador da entrega de qualquer outro prémio nessa categoria, além do correspondente ao 1º classificado.

18.3 - Todos os prémios são acumuláveis.

18.4 - Nos termos previstos no Art. 16.2 das PGAK a não comparência na cerimónia de distribuição de prémios de uma prova, sem prévia justificação por parte dos condutores premiados, será penalizada.


Art. 19 - Interpretações - Modificações - Aditamentos

19.1 - Todos os casos não previstos neste regulamento, assim como todas as eventuais dúvidas originadas pela sua interpretação, serão analisados e decididos pela direcção da FPAK.

19.2 - Qualquer modificação ao presente regulamento, será introduzida, conforme especificado no Art. 2.4 das PGAK.